segunda-feira, agosto 30, 2010

MAU

Mau. Primeiro Deco, depois Simão e agora Paulo Ferreira. É difícil que o precoce renunciar à Selecção de estes jogadores tarimbados nada tenha a ver com o efeito da miserável quezília Queiroz/FPF. Antes que mais alguém renuncie, gerando natural estranheza e natural estupor entre a massa mundial de fãs e apoiantes, urgiria avaliar o papel destrutivo rejuvenescedor do Grupo desempenhado por aquele litígio menos que infantil, tendo como pano de fundo a gestão desastrosa das dinâmicas interpessoais de Queiroz na saga pífia do Mundial da África do Sul. Queixas sucessivas dos jogadores nas flash-entrevistas. Desautorizações do seleccionador. Completo descarrilamento e descontrolo na salvaguada da unidade Equipa Técnica / Jogadores. Onzes de susto e contenção. Jogadores fora da sua posição de máximo rendimento. É muita fruta. Azeda. Muito navegador naufragado.

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Cristina Torrão disse...

Com jeito, ainda chegamos ao nível da França...

floribundus disse...

Amigo
amanhã pode ver'lapidação bíblica'