domingo, agosto 22, 2010

PORNO-PORNO E PORNOGEEK

Batalhas florais, pornograficamente alheadas da realidade dolorosa para muitos portugueses, batalhas argumentárias a fingir, entre gajos da Internet, são aos montes. Bicada aqui, bicada ali, fazem questão de existir lá, onde a bazófia do estatuto lhes autoriza passar por deuses embora com selo na cueca, com críticas que palavrosa e demoradamente entretecem para ficar por cima ou pelo menos ao lado. O Maradona, ou Merdadona, do blogue A Causa Foi Merdificada, e o Paulo Querido, do blogue Certamente, enlearam-se num namoro digno de registo. Um não passa de um pornobitaiteiro egolátrico como o sócras e o outro tem um complexo de filtro e de superioridade que lhe advém de se meter na cama com o epígono de esse "socialismo" para os Amigos contido na máxima de Almeida Santos: «Para os nossos, tudo. Para os outros, nada.» Na verdade, até prova em contrário, metem-se na cama uns dos outros e estão bem uns para os outros: trata-se de literalmente de respeitosas snifadelas canídeas recíprocas e autopromocionais. Não passa disso. 

1 comentário:

Daniel Santos disse...

excelente!