terça-feira, agosto 17, 2010

REPUBLIQUETA. REPUBLICONA

Nuno, a questão está cada vez mais viva porque esta Republiqueta naufragante, enquistada de Vampiros e incrustada na grande Republicona Europeia, caminha a passos largos para a desaparição e o nada. É precisamente sobre isso, aliás, que o João não se fatiga de escrever. Nem muitos outros.

Sem comentários: