domingo, agosto 15, 2010

SÓ UM DISCURSO

Gostei moderadamente das palavras de Pedro Passos Coelho. Mais aguerrido e certeiro sobre a malignidade do Poder que está. Foi só um discurso. Todos os discursos são revisões e leituras da realidade. Serão mais certeiros na medida em que revelem uma escuta ampla das pessoas. O Governo está em roda livre na Justiça e trata o dinheiro dos contribuintes como um recurso inesgotável sistematicamente mal empregue e nunca explicado por que motivo. É o dinheiro do Estado-PS e do PS-Governo: serve para malbaratar e enriquecer as clientelas, de preferência da forma o menos explicada possível. Para efeitos do próximo Orçamento do Estado, 2011, é bom que, da Esquerda à Direita, todos insistam em que o Governo aposte na redução da despesa e não encare aumentar ainda mais os impostos. 

1 comentário:

floribundus disse...

caro Amigo
anda imparável e certeiro como sempre