quarta-feira, agosto 25, 2010

TRISTEZA E APATIA

Quem tiver reparado atentamente nos semblantes de Cardozo, David Luiz e mesmo Luisão, nos últimos jogos, notará nesses jogadores uma imensa tristeza e uma terrível apatia. Tudo ao contrário de Fábio Coentrão, um gigante a transportar quase a solo as penas do Benfica. Os corações daqueles estão noutro sítio que pode não passar de uma quimera, pelo menos esta época. Acho, por isso, inteligente e prudente o desaparecimento de Raul Meireles dos convocados do meu FC Porto e a mensagem que Villas-Boas vai passando para dentro quase a saca-rolhas! Não há profissionalismo intermitente e dado a amuos. Frustrações por transferências goradas curam-se com trabalho. Trombudos de qualidade contrariados e comidos de birra dentro do campo e do Clube que lhes paga, não, obrigado! Joguem somente quando esfomeados por bola e por relva. Nomes e passado valoroso não bastam.

Sem comentários: