sábado, agosto 14, 2010

SOB O SIGNO DA DOR


Espero que, no diz respeito a sofrimento, estejamos definitivamente conversados: se não fosse a grande penalidade, como seria? Seria horrível porque a fasquia nunca mais descerá. É ter a cabeça no lugar e traduzir em golos tanta superioridade, se faz favor.

Sem comentários: