segunda-feira, setembro 08, 2014

RADIOHEAD INTEGRADOS

Thom Yorke, Jonny Greenwood, Ed O'Brien, Colin Greenwood e Phil Selway
Foi durante uns dos meus voos intra-brasileiros pela Avianca que, dada a oferta em entretenimento a bordo incluir a vídeo-audição de The King of Limbs, in the Basement, me senti inspirado e instado a recobrir, ouvir e conhecer, toda a discografia dos Radioheah, não apenas no plano musical, mas também no plano poético e no das artes gráficas que acompanharam a produção dos sucessivos álbuns. Para começo de conversa, a submersão na atmosfera musical resulta numa impressão de intensidade, envolvimento e um que de desconforto kafkiano, dada a linha questionadora e provocatória que medula toda a obra, desde Pablo Honey, 1993, passando por The Bends, 1995; OK Computer, 1997; Kid A, 2000; Amnesiac, 2001; Hail to the Thief, 2003; In Rainbows, 2007, e, finalmente, mas espero que nunca por fim, The King of Limbs, 2011. Estão integrados, in toto, na minha sensibilidade.

2 comentários:

JFrade disse...

EMIGRASTE PARA O BRASIL? TAMBÉM TU? QUE RAIVA! OS BONS VÃO-SE QUASE TODOS EMBORA.
JFrade

Joaquim Carlos disse...

Estive lá dois meses, meu caríssimo amigo. Regressei. Mas não encontro cá nada. Nada.

Abraço.