sábado, dezembro 22, 2012

DOIS SUPER-SECRETÁRIOS DE ESTADO

«...gostaria de deixar uma nota de apreço quanto ao trabalho que a senhora secretária de Estado do Tesouro tem vindo a realizar neste seu ano e meio de Governo. A sua acção governativa, especificamente no Tesouro, com todas as dificuldades envolvidas, tem sido (até agora) de grande eficácia e sucesso. A redução das yields nas Obrigações do Tesouro, as emissões de BT’s cujos prazos de reembolso se vão alargando e a própria extensão de maturidades de emissões ainda não reembolsadas são a prova do seu bom trabalho. O mesmo se aplica ao senhor secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, que tem sido outro governante de valor acrescentado, nomeadamente na forma como tem contribuído para equilibrar a operação do sector público dos transportes e pela forma tentativa como vai conseguindo alguma coisa (ténue) nas renegociações das PPP (sendo que, neste caso, Sérgio Monteiro poderia e saberia fazer bem melhor.…). Mas, enfim, tanto um como outro, ao contrário de tantos outros e apesar das minhas (várias) críticas ao Governo, estão entre os membros do executivo que merecem a minha admiração pela forma como têm logrado os objectivos a que se têm proposto.» Ricardo Arroja

2 comentários:

Floribundus disse...

o que dirá a câncio na sua triste viuvez?

Anónimo disse...

Judeu Polaco que era um pelintra e amassou uma fortuna com a ajuda de outros judeus e a vigarice do costume.
Os judeus dominam a economia dos EUA e as maiores associações financeiras mundiais que provocaram a crise.

http://blip.tv/syti/goldman-sachs-les-nouveaux-ma%C3%AEtres-du-monde-5752871

http://en.wikipedia.org/wiki/Goldman_Sachs

ver também os fundadores e como chegaram ao ponto que ocupam