domingo, dezembro 16, 2012

NENHUM FRENESIM PIRANHESCO POR POSTAR

Nada, mesmo nada, merece o incómodo de um post. Nada. Nem um suspiro, nem uma pedante emanação de frases ou revelações. Nada. A ceara vai loura, pronta para a ceifa.

1 comentário:

José Domingos disse...

Existem muitos armários, com muitos esqueletos.
E alguns democratas cá do burgo, antifassistas, depois do 25, que quando andavam em Argel, e não só, denunciavam camaradas de armas.
Para escrever a história das guerras de África, é preciso despolitizar primeiro. A hitória oficial, não aguenta uma leitura mais atenta, depois é preciso tomates para desafiar a esquerda, instalada, como está, em tudo que é "informação", autenticos sovietes, prontos a censurar, alguma inconveniência histórica.