segunda-feira, dezembro 03, 2012

O PARTIDO PALIATIVO

http://img0.rtp.pt/icm//thumb/phpThumb.php?src=/noticias/images/88/88d4e6285ffebf54a2b16f9693a2ddfc&w=620&sx=0&sy=0&sw=620&sh=340&q=75&w=620


Confesso que, à parte a grande missa monolítica, disciplinadíssima, do XIX Congresso do PCP, neste fim de semana, o que mais me tocou foi, no fim das festividades, no desmontar da tenda, toda aquela juventude a cantar e a dançar numa felicidade esfuziante, mão na mão, braços dados, sorriso no sorriso, alegria toda comunitária, unitária. Dei comigo a pensar que um a um, os comunistas são os mais solidários, focados, fiáveis, críticos e humanos dos cidadãos. Conclui também que, em pequenos grupos, os nossos comunistas continuam a ser verdadeiramente paroquiais, patrióticos e coesos. Nada mais consolador que olhar para o modo como se festejam. Não se pode é votar neles.

2 comentários:

Floribundus disse...

os comunas do partido dos maiores assassinmos do séc xx
desperediçam tempo a puxar o autopclismo.
é pena não irem na descarga

Floribundus disse...

depois vão todos para a cama