domingo, abril 15, 2007

FLORES 2


Dêmo-nos ao alívio, ao muito alívio consolado,
faça-se de conta que Portugal se pode dar ao luxo de assobiar para o lado
enquanto irrompe a impoderável clarificação total,
esta, que chatice!,
transparência modelar!

Sem comentários: