sexta-feira, agosto 08, 2008

DUAS BALAS, MEU BRASIL!


Mas eu garanto-te, meu amigo,
que se não fossem hoje eles, esses encurralados de si mesmos, talvez fosses tu.
A morrer.
Sim, a morrer com a bala libertadora do teu tão desassossego.
Sorte é que não morres de fome à beira-bode, a tua terra é um úbere farto,
de onde corre o leite, de onde corre o mel.
Colhes a Manga. Colhes o Cajú. A Banana cai-te no colo.
Só quando a ânsia é toda por dinheiro,
que nem se planta nem nasce por si,
aí é que todo o inferno começa
e pensas incinerar os teus inimigos e as tuas vítimas no pneu combustível do ciúme.
lkj
Mas não tens tu sempre um coco à mão?,
mais ainda se não tiveres preguiça de fazer a muda e a souberes regar,
aguando-a de esperança todos os dias, pela fresca pré-solar ou pós-apolínea,
não é que a seu tempo, daquela caixa, ovo de pau,
uma água te acalmará a sede?
lkj
É que tarde ou cedo, assim ou assado, ninguém escapa de desespero nenhum.
Não é preciso ser-se brasileiro de todas as cores.
Não é preciso ser-se africano preto. Há africanos brancos.
Ó português, tens mil áfricas dentro e dois mil brasis
rumorejando pelo teu bigode experimentado!
Do que não sabes ou não lembras, cala.
lkj
Ah, se o Brasil viesse ejacular-se todo em Portugal,
ainda assim era pouco, mais útero haveria a tanta falta!
lkj
Wilson era uma pobre alma que emigrou para Portugal.
Convenceu-se de que com um sorriso maior que o mar só faria amigos.
Saía da igreja, depois de ter comungado, radiante daquela energia,
a pensar que aquele amor cósmico, intra-cósmico, além-cosmos,
cativaria até os cães mais acossados. Mas ele próprio mergulhou em cão,
quando uns apertos vieram ameaçar-lhe a graça e enegrecer-lhe o cenho.
Morrer, nesse momento, transformou-se numa Porta.
lkj
Que se abriu!

8 comentários:

Rui Figueiredo Vieira disse...

Parabéns á PSP, parabéns ao GOE, foram 100% profissionais, exemplar! Temos sem qualquer dúvida das melhores forças especiais do mundo.

Anónimo disse...

matar é fácil
dificil é dar pão
neste socialismo cabrão

Anónimo disse...

As raízes da violência submergem na miséria humana,quem somos nós para julgar até mesmo o trabalho das polícias?
Soldariedade com os reféns que vão continuar em sofrimento,que Deus os ajude.
Solidariedade com os assaltantes enquanto seres humanos,perdidos na noite das circunstâncias,que Deus lhes perdoe.

Simone M. disse...

Quem as pessoas pensão que são, agora a culpa é do governo, a culpa é dos proprios cidãos que os colocaram no poder,e tbm que esse Tiago Cardozo pensa que é para dizer que os preto e Brasileiros tem que ser repatriados, e essa **** que ele se refere tambem são seres humanos e vieram fazer o trabalho que os próprios portugueses não querem fazer acho que deveria ver melhor as palavras pra se dizer das pessoas e não cabe a ninguém julgar quem são e de onde são, pois vieram fazer o msm que os portugueses vao fazer a outros países,tentar ganhar um pouco mais pra dar o melhor a suas familias.A pena de tudo isso é que não podemos saber quem é o BOM e quem é o MAL que entra no nosso Paísse fosse assim os Portugueses que estão no Brasil tbm tinham que ser repatriados, infelizmente isso acontece.Me descupem se atingi algum ponto em que não deveria.Eu sou BRASILEIRA e com muito orgulho.Infelizmente isso aconteceu e teve que ser um conterraneo meu, masi não estou nem um pouco feliz pela situação e muito menos por eles virem pra cá e desmoraliza a nossa própria raça.E tenho vergonha do acontecido.Obrigada pelo espaço.

Tiago R Cardoso disse...

O Tiago Cardoso não julga que é ninguém, o Tiago Cardoso deve ser lido por inteiro, não só as partes em destaque.

Se for lido como deve ser, o Tiago Cardoso defende que não se deve diferenciar ninguém, absolutamente ninguém.

O problema é que muitos só lêem o que está destacado, mas o Tiago Cardoso compreende, a preguiça mental faz parte do ser humano.

sefosseprimeiroministro disse...

Simone M. esteve um pouco mal nesta situaçao. Se o texto fosse apenas os destaques mais nada seria escrito, nao lhe parce?

joshua disse...

Sim, sefosse primeiroministro, parece. O Tiago sabe que a opinião de Simone M não é a minha. Os problemas de leitura são uma fonte interminável de sofrimento escusado.

PALAVROSSAVRVS REX

Jorge disse...

Penso que os policiais portugueses poderaim resolver a situação sem chegar ao extremo de assassinar um dos assaltantes e ferir o outro. Quando se aperceberam que eram brasileiros e inesperientes quiseram dar um exemplo. Falharam os seus planos porque a violência em Portugal aumenta dia a dia e, cada vez, de forma mais sofistificada. Aqui de Portugal a minha solidariedade com todos os brasileiros que trabalham em Portugal!!! Um abraço para todo o povo brasileiro que muito estimo e conheço!!!