terça-feira, dezembro 24, 2013

E HABITOU ENTRE NÓS

«O Dia do Senhor vem como ladrão de noite. Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; 
e de nenhum modo escaparão.» 1 Tessalonicenses 5, 1-3
A espiritualidade dos nossos antepassados está viva no nosso íntimo 
porque nos foi transmitida com imenso amor, 
um amoroso silêncio eloquente: 
Ele fez-Se Carne e habitou entre nós. 
Fez-se um de nós para nos absorver deste holograma tridimensional 
para a Plenitude Quadridimensional da Vida Eterna, o Pleroma. 

E Ele vem, está à Porta e bate. 
Na Parusia quotidiana e na hora do ladrão.

Sem comentários: