terça-feira, agosto 21, 2012

JARDIM É UM TIRANO DIVERTIDO

E patético. Poderá pensar que é um deus da política, sempre no seu pedestal, sempre intimando e intimidando toda a gente, até aprender que o tempo passa e as pessoas, a dada altura, devem afastar-se para maior glória de Deus e sossego dos homens. Jardim, tantas vezes utilmente cómico, é dos que não se mancam. Afinal, de que viveria a Madeira sem o apoio continental?! 

Sem comentários: