segunda-feira, agosto 20, 2012

OLHAR PARA O LADO

«... é improvável que os países ricos sejam tão permissivos relativamente a políticas de industrialização como o foram no passado. Os legisladores dos países que constituem o núcleo industrial olharam para o lado enquanto os rapidamente crescentes países da Ásia Oriental adquiriam tecnologias Ocidentais e capacidades industriais através de políticas inortodoxas como subsídios, requisitos de conteúdo local, engenharia inversa, e desvalorização da moeda. Os países do núcleo também mantiveram os seus mercados abertos, permitindo aos países da Ásia Oriental a livre exportação dos produtos manufacturados que daí resultaram. Agora, contudo, à medida que os países ricos lutam sob o peso combinado da dívida elevada, do baixo crescimento, do desemprego, e da desigualdade, irão aplicar maior pressão nas nações em desenvolvimento para o respeito às regras da Organização Mundial do Comércio, que estreitam o espaço para subsídios industriais. Desvalorizações de moeda à China não deixarão de ser notadas. Ao proteccionismo, mesmo que não numa forma explícita, será politicamente difícil de resistir.» Dani Roderik

Sem comentários: