quarta-feira, agosto 22, 2012

QUEM VAI GERIR AS UTOPIAS CANORAS DO BE?

Qualquer que seja o desfecho sucessório do BE, com Catarina Martins e João Semedo ou com outra coisa qualquer, dificilmente se deixará de assistir à partição ainda maior do conjunto de cacos que compõem esse partido, dedicado ao populismo delicioso-ocioso de gerir utopias canoras. É quando uma sucessão se pode converter em mais que certa comissão liquidatária no seu tropel involuntário de equívocos e amadorismos voluntaristas.

Sem comentários: