terça-feira, agosto 20, 2013

O FIM DOS ESTÍMULOS

«A fuga dos investidores das moedas de mercados emergentes, iniciada há três meses com os sinais de fim dos estímulos dos EUA, ganhou agora um capítulo asiático, que abateu ontem as divisas dos grandes países em desenvolvimento, inclusive o Brasil. [...] No ano, o real já perdeu quase 15% ante o dólar e só está atrás do rand sul-africano (17%). [...] Esse cenário ficou mais difícil porque o BC dos EUA já indicou que vai terminar nos próximos meses o seu programa de estímulo econômico, iniciado em 2012. Na prática, o término desse programa marca o fim do "dinheiro barato", em que investidores aproveitavam os juros baixos nos EUA para pegar dinheiro e investir em emergentes, mais arriscados, mas com retorno maior.» FSP

Sem comentários: