quinta-feira, agosto 16, 2012

AI O POUVO, PÁ!

1 comentário:

João Sousa disse...

Estranhamente, não vejo naquele cartaz o nome do traidor-mor: Sócrates.