quarta-feira, agosto 08, 2012

CURIOSITY, O PRAZER DE EXPLORAR

Curiosity Rover
A saga iniciada pelo rover Curiosity, na cratera Gale, Marte, promete larga excitação na nossa Espécie, em razão do que será possível apurar quanto à composição dos solos e à putativa confirmação de vida em Marte, a coisa mais natural e habitual do Universo, estou convencido. Não percebo o que há a temer na exploração do Sistema Solar. Do alto do seu laicismo, muitos há que alimentam tabus apocalípticos da mesma maneira outros, religiosos, há poucos séculos ainda, temiam a concorrência por parte da Ciência ao corpus de supostas inquestionabilidades da Fé, como se mesmo os conceitos de divindade e criação, precisamente graças à Ciência, não fossem passíveis de alargamento e enriquecimento. Quando a ciência é rara, haja pelo menos sabedoria.

Sem comentários: