quinta-feira, fevereiro 10, 2011

IMOLAÇÃO PELO FOGO

A estratégia do Bloco merece toda a estranheza, tendo especialmente em conta a atitude de um modo geral mole e condescendente com que foi bafejando esta governação e que culminou na enorme ambiguidade silente das últimas presidenciais. Trata-se de uma cartada alta que na verdade não entala este Governo, mas este PSD calculista e acovardado. No entanto, se a evacuação de um Governo absolutamente desastroso falhar porque o PSD prossegue, como até aqui, olhando mais para as sondagens que para os lixos vergonhosos da legislatura com as suas consequências destrutivas para a vida das pessoas mais vulneráveis, resta-nos gestos mais drásticos: a quantos escandaliza por demais a palhaçada socratista, até à náusea, até ao mais enojado revolver das vísceras, a quantos choca e desgosta tal desfile de mentiras e traições a Portugal, tal obstinada macha voluntarista até à mais triste e colectiva desgraça, podem sempre simbolicamente enforcar-se ou imolar-se pelo fogo, como sucedeu na Tunísia e no Egipto, embora, com quase toda a certeza, nem isso acordasse Portugal.

1 comentário:

floribundus disse...

se o bloco votar a favor
e os outros se abstiverem
não há vitimização por parte do pm