segunda-feira, abril 16, 2012

QUE BREIVIK VIVA É JÁ SOBEJO ULTRAJE

Há casos e casos e suponho que de um modo geral violência gera violência. Não se pode instituí-la para que o seu ciclo diabólico finalmente cesse: por isso a pena capital não pode preencher habitualmente os requisitos plenos de uma justiça justa. Não é o caso de Anders Breivik. Mediatizá-lo, para não falar no facto abominável de o terem deixado incólume e vivo, ofende e avilta os familiares das vítimas e contamina a humanidade de nojo. Cada frame e cada zoom feito à criatura, é uma suprema obscenidade difícil de aceitar. Por que não acabam, pelo menos, com o circo proselitista Breivik para que se interrompa a promoção da infecta eugenia unicultural por ele propalada?! 

2 comentários:

Zuruspa disse...

O seu a seu dono, e hoje concordo consigo. Parabéns pelo artigo.

joshua disse...

Obrigado, Zuruspa. Fico feliz por isso.