quarta-feira, abril 11, 2012

RIR COM A GAGA CÂNCIO NA TV

Quando se pensava que a gaga Fernanda Câncio não mais poluiria com língua de pau e língua de palmo pelo menos os ares já impestados das TV, eis que reaparece para entediar-nos uma vez por semana, depois da meia-noite. Para quê? Para matar-nos a rir defendendo a Parque Escolar, entidade alvo de insuficientes apóstrofes e invectivas tendo em conta a devastação facilitada pelos ranhosos e imbecis do PS socratesiano. Há muito que a escrita e a vocalização a soldo dos interesses socratistas havia posto em causa a validade da intervenção pública que Câncio perpetra. Demasiada rigidez, monturo de preconceitos, jacobina até à loucura, Câncio é o modelo perfeito da nula deontologia jornalística, pelo menos no que toca à assanhada defesa do torpe legado socratesiano ou no anti-vaticanismo vulgar, modelo da má colocação da voz, da reconversão do argumento estanque em picareta agressiva dos discordantes por discordarem. Tudo isto inutiliza-a para a discussão política ou outra qualquer. Continuará a falar para as paredes, madrugada adentro. E eu continuarei a rir, uma a uma, das baças figuras do socratismo traste que nos vão desfilando diante, na sua penosa procissão sem remissão.

4 comentários:

Anónimo disse...

Você continuará a não dormir por causa de Sócrates e Passos Coelho vai-o roubando, sorrateiramente, você não dá fé, está entretido com Sócrates. Um pouco de Aristóteles fazia-lhe bem.

joshua disse...

Sim, esqueçamos todos quem nos foi ladrão.

floribundus disse...

a viúva e os seus filhos

AMÀLIA cantaria
'foi no domingo passado,
que passei
à porta onde morava o mariquinhas,
estava tudo tão mudado'

DL disse...

Sim, querem que nos esqueçamos mas nós não nos esquecemos de quem nos deixou na miséria: Sócrates e sua trupe. A D. Fernanda Cãncio todas as semanas nos lembra o quão mau foi o seu governo.