quinta-feira, abril 19, 2012

QUERO OS COMPRIMIDOS DO SPORTING

Falta ganhar a segunda parte, antes da Final. O Athletic Club Bilbau é uma equipa com calado, mas há qualquer coisa que o Sporting anda a tomar que eu também quero: simplesmente admirável a raça que estes jogadores colocam em campo, o querer, a concentração quase sobre-humana. Os refrões que Sá Pinto repete nas entrevistas e conferências de imprensa lá terão a sua quota parte somada aos efeitos dos comprimidos de moral e raça que eu também quero, repito. Sá esforça-se por recordar-nos, e grita-o aos jogadores, algo que sem culpa temos esquecido e soava cada vez mais longínquo: que o Sporting Clube de Portugal [também] é grande e respeitado na Europa. Estou para ver quantas mais vezes o Sá vai dizer isto e se o dirá antes e após cada jornada ainda por disputar da Liga. Post Postum: ainda bem que o Caso Cristóvão, com o que tem de sórdido e infecto, parece não contagiar o balneário, como aliás promete não contagiar nada de nada. Qualquer papoila que laureie investigação vê-se sufocada pela PGR ou por outros poderes obscuros que garantem todo o sossego possível no topo da cadeia alimentar portuguesa.

Sem comentários: