quarta-feira, julho 11, 2012

PASSOS, CARIÁTIDE ESBOROADA DO REGIME

Até prova em contrário, quem verdadeiramente alomba com todo o ónus do ajustamento sacrificial português é quem nunca foi político e nunca dependeu da política para se esgueirar rapidamente, como fazem os políticos do Regime, pelo dinheiro embolsado alheio acima. Adentro. Pelo contrário, andamos em bolandas, para a frente e para trás, sob décadas de demagogia e calculismo sôfrego partidocrático. Passos, espécie de última oportunidade, esboroada cariátide mesmo, de um Regime esboroado, talvez perceba que o nosso heroísmo tem limites e pode ter um preço, um preço mais oneroso que BES e outros sanguessugas bem posicionados no Regime, parasitas agregados aos orçamentos, às PPP irredutíveis, e a todos os esquemas urdidos contra o Povo Português, não estão dispostos [puta que os pariu!] a pagar. Se somos quem paga as derivas desastrosas do PS e as experiências sociológico-económicas do PSD, num País de castas e de estratos isentos, impunes e protegidos, estrato fodido de mexilhões que somos, será do mais elementar bom senso augurar um estouro, algures. Já esteve mais longe.

2 comentários:

Zé Povinho disse...

E contudo ainda há quem vote nesta corja!
Abraço do Zé

Miguel Loureiro disse...

Cariátide não será um insulto? Melhor seria um Atlante...