terça-feira, abril 03, 2012

ENFADONHA E CASTRANTE DISCIPLINA PARTIDÁRIA

Estou inteiramente com Ribeiro e Castro e a sua consciência: o detalhe da fidelidade ao CDS-PP é só um detalhe. Pode bem claudicar em questões como aquelas que nos ancoram a uma identidade, como acontece com o 1.º de Dezembro. Se o antigo líder do CDS-PP optou por furar a disciplina partidária [não como a 'independente' Isabel Moreira fura maquiavelicamente a sua apenas para fragilizar a liderança do PS em serviço servil a quem lhe deu a deputação] sobretudo com a proposta de lei para restaurar o feriado do 1.º de Dezembro, só tenho de estar com ele nesse ponto. 

1 comentário:

Anónimo disse...

Incoerência.