segunda-feira, novembro 12, 2012

A PROFECIA, O PEIDO E A MULTA

«Os meios de comunicação têm feito um trabalho fantástico ao afastarem dos seus canais, dos seus jornais, das suas radios, todo aquele que apresente propostas que rompam verdadeiramente com este Bloco Central de Interesses que nos tem Governado. Há censura. [...] E se por um acaso do destino, por uma sorte cravada no panorama externo, não deslizarmos de trenó para a bancarrota, vamos certamente continuar no mesmo padrão cíclico e estaremos na mesma situação em meia dúzia de anos. [...] Por essa altura, já seremos, de facto e de jure, um protectorado europeu, afilhados de um multiculturalismo forçado, de uma liberdade de expressão asfixiada pelo politicamente correcto. De uma criminalização excessiva, resultante de uma máquina burocrática e regulatória totalitária, que há-de chegar ao ridículo em que dar um peido em público vai pagar multa.» Ricardo Lima

3 comentários:

Floribundus disse...

os noticiários das tvs anti governamentais estão pela 'hora da morte' das mesmas

José Domingos disse...

Um dia destes, temos a criminalização do politicamente incorrecto. Não se vai poder dizer mal da ue. O povo labrego, come torradas e bebe chá, quando há, para os senadores europeus, viverem que nem uns nababos, só para dizer "yes". E não saímos da cepa torta.
Presos politicos, também existem..

José Domingos disse...

Já agora. Que aconteceu ao comentador Barra da Costa.Aborreceu alguém bem pensante.
É esquesita esta democracia, a malta dá-se mal com a verdade.