sábado, novembro 10, 2012

QUALQUER UM SABE

... que um Governo de Esquerda em Portugal seria a estocada final no País, depois das mil malfeitorias, dos mil roubos e mil traições dos Governos de Pseudo-Esquerda Socialistas-Socratistas, uma Burla Monumental sem Castigo, Burla Colossal, a maior que Portugal já testemunhou. Estamos a pagá-la e mais pagaremos na carne, nos ossos, na falta de bifes, na falta de bafo, tanta maldade, tanta charla, desonestidade e avidez pelo Poder a todo o transe. Neste momento, ver Seguro e o seu PS [ainda mal refeito de nos ter fodido] a arreganhar os dentes ao cheiro de mais Poder é tão mau quanto perceber em Passos toda a frouxidão de perseguir de Fisco e esmagar os já esmagados e sobejamente perseguidos, deixando ao ar e ao léu toda a metralhada habitual da Banca, das Construtoras, dos Mega-Escritórios de Advogados com a sua parcerística, imprescindível como um arroto, cara ao Erário e inútil ao País. Já agora, na VIII Convenção do BE, os delegados parecem tão tolhidos, tão amedrontados e transidos que não foram capazes de responder a uma perguntazeca da repórter SIC. Mais uma vez, a Esquerda não parece capaz de amar ou de amamentar a liberdade de expressão. Nada de novo.

2 comentários:

Floribundus disse...

'anacleto tem mais encanto
na hora da despedida'

Grego disse...

Mas quem são vocês, nojenta concrecao de décadas de ditadura, herdeiros do misabelerismo e da "caridadezinha", discípulos da opressora máquina de quase cinco décadas que minguou este país até ao tutano, para vir falar em liberdade?!!! VÃO PARA A SENHORA QUE VOS FEZ!!!