sábado, novembro 03, 2012

MERKEL DESDENHA DO INCONCUSSO MÁRIO SOARES

Ao dizer ostensivamente «Precisamos de austeridade para convencer o mundo de que vale a pena investir na Europa» Merkel desdenha do inconcusso Mário Soares e do técnico nos antípodas de Gaspar, o desesperador João Ferreira do Amaral, o qual não é, como diz e repete, militante do PS, mas não perde oportunidade para fazer fretes ao PS. E por que os desdenha e despreza a chancelerina Angela Merkel? Porque «Há muitos investidores que pensam que na Europa não cumprimos as nossas promessas.» Para o mal e para o bem, Portugal vê-se cindido entre os que querem cumprir a palavra a todo o custo e os que querem, também a todo o custo, recuar dela e recusar o seu escrupuloso cumprimento. Como eu vejo do lado da rasura à palavra dada gente egolátrica, irrespirável e irrecomendável, como Soares e os Socratistas, e vejo ainda desse lado zonas de pensamento demasiado subversivo, irrealista e utópico, como o Bloco, defino-me pelo lado que doer mais, mas que dure o menor tempo possível. Não podemos voltar a brincar à prosperidade de nome mentiroso. Só para os mesmos. Só para alguns.

1 comentário:

Grego disse...

Defines-te pelo lado que doer mais, e também pelo que mais vai durar. Continua a salvar os incendiários e a deixar os fogos a arder.