sexta-feira, julho 19, 2013

A RAMPA

A campanha do tostadinho Costa [é preciso desdramatizar a terna expressão 'escurinho' do Fóssil Arménio] à Câmara Municipal de Lisboa só o é na aparência. É nele que a elite de Esquerda coloca todas as fichas para sucessão à mal de Seguro. Lisboa é a rampa. Seguro teria de ser muito homem para passar por cima do catarro maligno de Soares e da obtusa sensibilidade financeira de Alegre, dois parasitas, dois inúteis, com décadas de parasitagem e de inutilidade, completamente maliciosos e incompetentes perante uma folha de cálculo, seja ela qual for.

Sem comentários: