quarta-feira, julho 24, 2013

A SANHA DE DENEGRIR

Denegrir faz parte do grande jogo político português, que joga baixo. É verdade. E é verdade que uns jogam mais sujo que outros. O Rui acerta. Há fanhosos que não precisam de ser denegridos, pois são montes de estrume ambulante e as suas más acções falam por si. Outros são simplesmente vitimados pelo currículo ou pelo que dele rezem os adversários e as adulterações que promovem. A Esquerda denigre a Direita e a Direita denigre a Esquerda. No meio e para trás fica o País.

Sem comentários: