domingo, julho 14, 2013

ÁGUA FRIA NA FERVURA DO CAOS

O Governo está morto e tal, a dúvida do 2.º Resgate paira sobre o pescoço piloso do Regime, mas afinal, há salvação, reestruturação da nossa dívida, suavização dos pagamentos e dos juros, só que pé ante pé, para não alarmar os alarmáveis nem frustrar os frustráveis. É a chamada reestruturação silenciosa. Europa abate 17% à nossa dívida pública até 2023. Haircut sem alarde nem humilhação à grega: «O reembolso total aos credores previsto até 2023, inclusive, levou um corte de 17% face ao inicialmente planeado. Assim, entre 2013 e 2023, a República irá devolver 115 mil milhões de euros em empréstimos de médio e longo prazo e não 137,5 mil milhões como estava no desenho anterior, revelam dados publicados pelo IGCP (agência do crédito público) e por Carlos Costa, governador do Banco de Portugal. » Dinheiro Vivo

Sem comentários: