quarta-feira, junho 24, 2009

MICHEL FOUCAULT: EM FORMAÇÃO INTENSIVA


Tenho andado por aqui a tentar aprender alguma coisa de relevante sobre Michel Foucault. Aparentemente, o defunto intelectual francês, suscitado pelo João Gonçalves como assunto-aperitivo e pausa-divergente de outras lides no Portugal dos Pequeninos, tem revelado, em comentadores habituais ali, especialistas acabados. Não apenas exímios conhecedores, como ainda com tempo para considerandos de péssimo gosto sobre os comentários aventureiros de outros comentadores e ainda pior pedagogia para quem confessadamente se aventura no desconhecido, como eu, mas em todo o caso se aventura. Graças a Deus, ainda há bom vernáculo que se descarregue nessa Fruta Humana, vernáculo de boa cepa para baixar convenientemente o nível da línguagem assim que o nível ético começa ele por baixar ao grau zero da respectiva grunhice. Na verdade, a bloga, como a vida, está repleta de videirinhos que olham com amplo benefício pela sua própria vida, der por onde der, rémoras coladas aos tubarões da fama ou do proveito, assim como está repleta de caramelos que não perdem uma oportunidade para vexar os outros presumivelmente menos sabedores, revelando assim em que esterco moral amniótico medraram os primeiros. Esta pedantaria, que maltrata, destrata e deconsidera o outro, é um vício e um mal só resolúveis num duelo à moda antiga: ou à espada ou ao tiro. Difícil perdoar tanto 'saber' e 'conhecimento' infusos numa redoma de camelos exclusivos detentores. Puta que os pariu e boa viagem!

4 comentários:

A efervescência da mente. disse...

Meu caro amigo/amiga, tiveste a excelente gentileza de exponencial palavra mágica que é o conhecimento saboroso em batimentos intelectuais que é Michel Foucault.

Seguidamente transmitiste uma crítica que se baseia decidida e claramente no nosso país que é Portugal, mas não refutaste nenhum nome em específico.

A quem desejas de forma determinada te dirigir?
O que desejas refutar?
Que referência alerta é do teu objectivo destacar no conteúdo de Foucault?

Abraço/Beijinhos.

Wegie disse...

Isso trata-se com fluoxetina.

Wegie disse...

E um bom banho na praia da Baía para refrescar as ideias.

Wegie disse...

Se a fluoxetina não funcionar experimenta priadel.
Com tanto plágio devias mudar o nome para Copiossaurus Proxeneta.

I'M WATCHING YOU...

Arredores de Espinho...