domingo, junho 10, 2012

A LUA VAI SER CHINESA

Tenho poucas dúvidas sobre os objectivos chineses etapa após etapa da sua muito sua exploração espacial. Chegar à Lua o mais rapidamente possível, recolher amostras, reclamar território, como se reclama e conflitua por ele no Árctico, sobretudo, e na Antárctida, prospectar ouro e outras coisas interessantes lunares, inaugurar uma corrida para a qual a falência norte-americana e europeia parecem ter, até prova em contrário, poucas hipóteses. 

Sem comentários: