quarta-feira, junho 20, 2012

O BICHO TECNOLÓGICO

Que uns poucos de alunos ficassem a saber, por SMS, o que estudar para o Exame de Português, em que textos se focarem, mostra que vivemos num mundo estranho, cada vez mais estranho, onde o que conta são os beneficiários de espionagens corriqueiras, prosaicas; tempo de novos opressores, novos oprimidos, gente que se acotovela para levantar o queixo da merda pisoteando o próximo por todas as formas possíveis, formas de actuar que nunca conheceram a rectidão nem se apaixonaram jamais por uma linha do Evangelho. Só falta que nos digam que os funcionários centrais do Euromilhões sabem antecipadamente quais as estrelas e quais os quatro números, em cinco, a sair, "sorteio" após "sorteio". Basta estarem suficientemente próximos do MegaComputador Omnisciente que acolhe as massivas apostas e certamente não brinca ao aleatório naquela janela de oportunidade e rapidez que vai do fecho das apostas à hora de 'soltar' as bolas.

Sem comentários: