segunda-feira, outubro 28, 2013

E ISTO DÁ LIQUIDEZ IMEDIATA?

Hipocrisia, fingimento e duas de letra, a retórica da SEDES: «Em geral, todos podemos concordar com a importância do combate ao défice público como prioridade, suportado no Estado de Direito e, sobretudo, na confiança entre instituições, cidadãos e empresas. É urgente reformar o Estado, reformar o sistema político, reformar a forma de fazer política, de gizar, conceber, apresentar e executar as políticas públicas.» Pois, mas nada disto é fácil e nada disto dá liquidez ao Estado. Passamos quarenta anos a teorizar e a não fazer porque é muito difícil fazer quando ganhar eleições e inaugurar rotundas era quase tudo. É tarde. É a hora.

2 comentários:

Bmonteiro disse...

Aqui está um, na SEDES, que acabou esta homilia declarando: reforme-se de imediato o estatuto do BdP e de quem dele 'abusou'.
Aleluia.

Pedro Diniz disse...

Precisamos de alguém que apresente soluções, não que apresente mais problemas...