domingo, janeiro 29, 2012

PARQUE ESCOLAR, UMA EMPRESA NINFOMANÍACA

Bom, se não há ali furor uterino, há furor mega, ultradespesista, imoderação total e absoluta com derrapagens que farão sorrir as das estradas, as dos estádios, as do que se quiser: «O problema da Parque Escolar não é um mero incumprimento, uma interpretação errada da legislação ou uma administração incompetente. Pela Parque Escolar EPE circulou uma grossa fatia do investimento público dos últimos anos e este foi gerido de uma forma criminosa. Mas parece que, depois de dois anos de luta, vamos ter novidades brevemente.» Tiago Mota Saraiva

1 comentário:

Miguel disse...

Criminosa é a palavra certa. Ficará tudo em águas de bacalhau, como é óbvio. Haverá sempre Paris...