sexta-feira, setembro 28, 2012

SOARES VOLTA A FALAR DO ALTO DA BURRA

Constato com amargura que os técnicos do Governo Passos e o próprio descompassado Passos têm metido água e agido com frios cientistas políticos, manipulando com pinças as nossas vidas e logo com os resultados de merda que se conhecem. Basta ler o Blasfémias e O Insurgente para perceber que esta gente, hoje a assessorar o Além-Troykismo, debita pretensiosamente acerca de um País que não frequenta e acerca das nossas vidas que não conhece. Gente que fala, aliás, do alto da burra técnica acerca do que fazer-compressor das nossas duras vidas, falhando o alvo, falhando metas, falhando objectivos-chave do Memorando. Esse tipo de azeiteirice altaneira, desumana e experimental, é apenas a última parte trágica que o Regime segregou. A outra parte, completamente abominável e esgotada, é que Mário Soares continue a falar do alto da sua burra zarolha e sectária. Ainda que o bracito necrótico e raquítico da Justiça não alcance nem belisque os mentores e executores socialistas-socratistas de grosseira e contumaz gestão danosa do Estado, o veredicto popular, não necessariamente populista, está feito e é a execração total e liminar por muitos e bons anos. Não se conhece em Soares zelo por contas públicas sãs, por moralidade, frugalidade, limites na vida política. Tal nunca esteve no seu discurso porque nunca habitou a ara intangível da sua pontificalidade diletante. Em suma, quase todo o seu trajecto político é uma merda. E, graças ao jornalismo de merda com o microfone ocioso sempre espetado nessa bochecha papal, é uma merda orgulhosa da sua substância. O Regime apodrece e está a um peteleco de tombar. Continue Vossa Miopia a falar que talvez tombe mais depressa!

1 comentário:

Anónimo disse...

Como dizem os américas, make my day, está feito, posso continuar à procura de um emprego.