quarta-feira, maio 29, 2013

BRUXELAS QUER...

... o País cumpre ou inventa Esquerdas Com Cio e Novas Legitimidades Democráticas à vontade do freguês e ao sabor da ciática do Regime. Quem manda são os donos da moeda e a capital do Euro não é Lisboa nem o Rato nem o tugúrio onde conspiradores dão entrevistas dia sim dia sim. Como não temos moeda própria, só podemos ser solidários e fazer o que nos é pedido. Quando a Comissão Europeia dá alguma coisa, por exemplo luz verde para que vários países do Euro, entre os quais Portugal, França, Espanha e Holanda, tenham mais tempo para colocar os défices abaixo de 3%, pede alguma coisa em troca: atrevimento nas reformas estruturais. No caso português, Bruxelas quer cortes permanentes na despesa equivalentes a 2,8% do PIB, ou 4,7 mil milhões de euros, em 2013 e 2014. As Esquerdas querem imprimir dinheiro ou acrescentar mais défice de igual valor ou superior. Só pode.

Sem comentários: