quinta-feira, maio 23, 2013

OS HISTÉRICOS CALAM-SE COM ACTOS

Uns conspiram e salivam pela preservação dos seus interesses, a manutenção do mesmo estado de coisas, talvez com o desejo de as agravar, tornando mortífero aquilo que é somente modorra. Decretam apodrecimento. Decretam o arrastamento deste Governo e da sua coligação fracturada. Depois vêm as boas-más notícias para os instalados: há muito se aguardava do Governo a medida do supercrédito fiscal para tentar promover o investimento, e que pode baixar a taxa efectiva de IRC nas empresas que usufruam deste benefício. Foi hoje aprovada pelo Conselho de Ministros um conjunto de iniciativas de natureza fiscal para tentar promover o investimento cujos detalhes serão transmitidos na conferência de imprensa agendada para as 17 horas com Vítor Gaspar e Álvaro Santos Pereira, no Ministério das Finanças. Este crédito fiscal vai corresponder a uma dedução à colecta de IRC no montante de 20% para investimentos realizados este ano de até cinco milhões de euros. No caso das empresas que não tenham colecta suficiente, este benefício poderá ser dedutível por um período de cinco anos. Há muitos histéricos na praça. Clamem, clamem, mas é tempo de mostrar o lado B do trabalho e da esperança. Este.

Sem comentários: