sexta-feira, maio 31, 2013

QUANTO PIOR, MELHOR

«A Gallo Worldwide investiu oito milhões de euros numa nova linha de produção na fábrica de Abrantes para reforçar as exportações de azeite, que já valem 70% da facturação. O investimento permite duplicar a capacidade de produção, actualmente na ordem das 30 mil toneladas. [] O Brasil é o principal mercado da empresa, que pertence ao grupo Jerónimo Martins (dono do Pingo Doce e com participação da Unilever Jerónimo Martins). Só depois vem Portugal, Venezuela, Angola, China e Rússia.» Público

Sem comentários: