quarta-feira, maio 22, 2013

TAMPÃO PARA VOZES APOCALÍPTICAS

Não sabemos quantas cartas terá Gaspar na manga para amaciar a sua imagem internamente, mas isto de o ministro alemão das Finanças se encher de amores por si e de elogios ternos ao nosso Ajustamento não pode ser só bom para ele-Vítor Gaspar, para a sua carreira internacional, para a sua imagem prestigiadíssima além-fronteiras. Terá de ser bom para todos quantos não têm emprego nem rendimentos de espécie nenhuma, nem perspectivas, novos de mais para emigrar, velhos de mais para emigrar, aqui, no recanto mal frequentado de chulos e ladrões com acesso às TV. Num contexto em que internamente a coisa recrudescerá nos protestos anunciados, muitos deles justos e mais que justos, mesmo os que são fomentados pela velha e demagógica táctica política em gente a quem nada dói e a quem nada falta, soa bem que Berlim anuncie o apoio do banco público de investimento alemão Kreditanstalf für Wiederaufbau para uma avaliação da extensão de apoio financeiro às pequenas e médias empresas portuguesas e mesmo a assunção de participações indirectas nalgumas delas. Não passa ainda de uma promessa alemã de ajudar Portugal a criar um ambiente de negócios que estimule a actividade económica, basicamente ensinar a pescar, se tivermos juízo, depois de décadas de peixe dado. Mas uma promessa é melhor que nada. França, por exemplo, não tem tido músculo nem para nos ajudar concretamente em coisa nenhuma, coitada, nem para anunciar ajuda, como os alemães. Será o socialista Hollande insensível?! Infinito é o Verbo de encher dos socialistas onde quer que estejam aflitos, como em França. Continuamos à espera que a cooperação e a colaboração entre os países do Euro se traduza em menos proteccioismo, o qual explica parte da corda que trazemos ao pescoço.

1 comentário:

José Domingos disse...

Concordo plenamente. Esta pocilga, está muito mal frequentada.
Já se chamou Portugal.
Agora é um país habitado por um povo na maioria pindérico e labrego, que confunde inveja, por justiça social. Uns imbecis.
Cumprimentos, sabe sempre bem passar por aqui.