sexta-feira, maio 24, 2013

SOUSA TAVARES, COITO DE MÁS COMPANHIAS

Pode insultar-se o Presidente em exercício? Pode. Está na moda. Qualquer caralho o faz. Sócrates, que é um poço de moralidade, veio afiar as facas nas suas costas. Tornou-se um vício, uma desculpa, um álibi. Dão-se a ela os donos do Regime. De fora dos insultos e das acusações, das ridicularizações, das analogias baratas, ficam todos os vampiros do Regime, igualmente responsáveis pelas nossas dificuldades. Se essa via está a ser seguida e instigada pelos profissionais da conspiração, muito mal. Pelo contrário, acho absolutamente justo imprecar Jorge Sampaio, baixar as calças a Mário Soares, ex-presidentes cujos mandatos foram exercícios de bazófia, de encolhimento perante a Corrupção do Regime, exercícios de impotência e covardia perante o caminho para lado nenhum que o País acabou por trilhar. Miguel Sousa Tavares, poluído pela amizade com Sócrates que o desvirtua e visceraliza em mentiras e narrativas com cheiro a merda, já veio dizer que se excedeu e tomar como normal este inquérito. Para que aprenda.

1 comentário:

Floribundus disse...

ao filho do tareco fazia bem um estágio na pildra