segunda-feira, maio 21, 2012

DÉFICE DE PSICANÁLISE BENFIQUISTA

Habitualmente, preocupo-me pela saúde competitiva do Sport Lisboa e Benfica. Sou generoso. Interessa-me um Benfica acima do módico, com algum interesse interno e potencialidade externa, para que os campeonatos que acumulo tenham ainda mais sabor e os jogos europeus me façam sonhar e orgulhar como português. A decisão de manter Jesus foi assisada. Foi o melhor negócio para a éppca 2012-2013, porque a vida de um clube não são só os títulos sistematicamente perdidos, mas também a construção e consolidação de atletas de craveira, com carácter vencedor, espírito ambicioso, blindagem coesiva de balneário. Jesus proporciona-o claramente. Ele acumula experiência na Champions que poderá ser valiosíssima se se auspiciar ir um pouco mais longe e passar a frequentar esse longe, como o faz o meu FC Porto vai para décadas. Isto dito, cansa-me a quantidade de amargura com que adeptos e opinadores justificam a perda de títulos. Por que não recorrem à psicanálise e esquecem que o FC Porto existe mai lo líder que com brilho e prestígio o timona?!

Sem comentários: