domingo, maio 13, 2012

O PAPEL ESTARRECEDOR DO PS

«Mas o papel do PS e de alguns dos seus notáveis em todo este processo é estarrecedor. Quando ouvimos um Mário Soares dizer coisas como diz, ou quando ouvimos um Seguro afirmar que está disposto a ir para a rua, quase parece que toda a responsabilidade do que se passa é exclusivamente deste governo. Mário Soares mostra mais uma vez a sua falta de espinha dorsal. O PS não se pode desobrigar de um acordo que assinou e sobretudo que causou. O PS é numa enorme percentagem o responsável único pelo descalabro nacional. Causou-o, escondeu-o e assinou um acordo que nada tem de socialista para se safar do buraco. Porque sabia que era mais fácil omitir o teor do acordo e deixar isso para o governo que viesse a seguir. [...] Nunca será de mais lembrar que o PS, este PS, é responsável pelo buraco monumental em que nos meteram. O desvario das PPP, da Parque Escolar, do ensino tornado uma mera convenção com coisas como as Novas Oportunidades ou a carga burocrática estúpida e inútil causada pela avaliação mentecapta dos professores, o ataque às instituições judiciais, a corrupção e o abuso de poder, etc., etc., etc. Tudo isso é obra do partido de Seguro. Que nunca se esqueçam.» Groink

4 comentários:

Anónimo disse...

pena k O Ex.mo eskriva se tivesse esquecido de mencionar que o PS é ainda o grande responsavel pela tremenda crise que atravessa os USA e o resto do mundo;-))))))))

Anónimo disse...

e do BPN

Anónimo disse...

Sem a necessária criminalização dos facínoras socialistas,nunca o país vai entrar nos eixos.
O Vígaro está a gozar a fortuna espontânea em Paris.Em Lisboa pena-se com os desmandos da trupe socialista,que agora diz que é oposição ao tratado que assinou e à resolução dos problemas económicos que causou.

André Miguel disse...

O PS sempre viveu (e sobreviveu) da falta de memória do povo português. Ainda alguém se lembra de um livro do Rui Mateus?