domingo, maio 20, 2012

RELVAS NO PAÍS DOS ASELHAS

Há um conflito de versões entre a Direcção do Público e o ministro Relvas, que se mostra particularmente tenro. Já deixei bastante claro que não sou nem serei dos que desejam em manada exibir a cabeça exemplar do ministro como troféu cínico da politiquice baixa, único desporto da mediocridade nacional e que infecta a Capital. Há outras cabeças por rolar e há sobretudo a agenda menor e minoritária da Esquerda Aselha a agarrar-se a isto e a gritar «Lobo!» à falta de outras coisas para fazer. Podem ir dar banho à minhoca.

2 comentários:

Anónimo disse...

Deixa-te andar, o Relvas um dia destes manda-te um anzol para enfiares pelo cu acima, será que não deste fé tu que não passas de um verme (minhoca)?

Miguel Loureiro disse...

E o Relvas é o seu profeta...