quarta-feira, maio 09, 2012

WOLFGANG SCHÄUBLE MAIS PORTUGUÊS QUE SOARES

«Eu gostava de ser simpático com o Dr. Soares. Mas o Dr. Soares não ajuda. Como se vê pela sua última sugestão, de que está na hora de o PS romper com a Troika. Porque a maré está a mudar lá fora e porque o FMI e a Comissão Europeia/BCE, os outros dois integrantes da Troika, não se entendem. É uma atitude inacreditável (Seguro esteve muito bem na resposta). Porque Portugal não pode rasgar um contrato que assinou há um ano. E porque a sugestão de Mário Soares acontece no pior momento: quando a Grécia mergulha num caos político que pode terminar com a sua saída da zona Euro. É verdade que Soares não sabe muito de Economia. Mas deve saber o bastante para perceber que se a Grécia sair, quem toma o seu lugar na linha de fogo é… Portugal. Agora compare-se a atitude de Soares com a de Wolfgang Schäuble. O ministro das Finanças do país que manda no Euro diz em entrevista que o ministro das Finanças português (a quem Soares já qualificou de "contabilista") tem qualificações para ser o próximo presidente do Eurogrupo. Precisava de o dizer? Não. Deve favores a Gaspar? Não. Então porque o disse? É irrelevante. O que interessa é que, com esse gesto, além de reconhecer a qualidade de Vítor Gaspar, mostra o apreço da Alemanha pelos dolorosos sacrifícios que estamos a fazer. E, pelo caminho, sinaliza que a Alemanha está disposta a segurar Portugal. Não conheço melhor serviço prestado à República Portuguesa do que este gesto de Schäuble: o que ele disse, no momento em que o disse, não tem preço. O que me deixa com esta conclusão amarga, de que o ministro das Finanças alemão fez mais por Portugal do que Mário Soares. Nunca pensei!» Camilo Lourenço

Sem comentários: