sábado, outubro 27, 2012

O ALARMADÍSSIMO, CINICÍSSIMO NICOLAU SANTOS

Num banal exercício cínico no caderno Economia do Expresso, intitulado "Alguém deve travar a troika e Gaspar", Nicolau Santos garatuja: «(...) Medidas que devastam a economia são contraproducentes com os objectivos do memorando de entendimento e colocam-nos no caminho grego. Não perceber isto ou releva do mais puro fanatismo ideológico ou de uma enorme incapacidade em lidar com a realidade. Em qualquer caso, o resultado será trágico para milhões de portugueses. Alguém tem de travar o confisco fiscal previsto para 2013.» Gostava de perceber se, nos tempos de sofreguidão obreira socratista, lemos, a tempo e a horas, da parte do sr. Nicolau qualquer coisa como: «(...) As despesas estéreis e sucessivas que comprometem o défice e contas sãs são contraproducentes ao já gravíssimo estado de endividamento público. Não perceber isto ou releva do mais puro facciosismo e dependência de avenças governamentais socialistas ou de uma enorme incapacidade em lidar com a realidade posterior à festa obscena em decurso. Em qualquer caso, o resultado será trágico para milhões de portugueses. Alguém tem de travar o endividamento infrene do Governo Socialista.»

Sem comentários: