quarta-feira, outubro 17, 2012

O SISTEMA POLÍTICO PORTUGUÊS JÁ É CADÁVER

Como já escrevi, as eleições regionais nos Açores do último 14 de Outubro rebentaram com o CDS-PP [apesar de Portas ter dado uma perninha por lá] e esmagaram até à mais deprimente irrelevância quer o Bloco de Esquerda quer o PCP sob a máscara CDU. Qual a conclusão mais imediata? O CDS-PP está no Governo? Deve então comportar-se como Governo, com tudo o que isso comporta de impopular, cruel, injusto, sádico, mas porventura imprescindível no jogo de rins internacional. Por causa da covardia desleal demonstrada, Portas já não pode salvar o Partido da inexorável tendência para a extinção. As meias-tintas, o tacticismo rasca e o cálculo interesseiro escandalizam os portugueses que pensam prioritariamente em Portugal e nos seus interesses e basicamente querem que os partidos se fodam. Os Açores disseram ainda outra coisa que atesta a morte, o descrédito total, o Abaixo de Zero do Sistema Político Português: o facto de mais de 54,2% dos eleitores inscritos terem deixado de votar nos partidos do sistema, porque ou não votam, ou votam em branco ou votam nulo. Estamos todos fartos de vampiros e videirinhos. 

1 comentário:

Maquiavel disse...

Meu caro, os açorianos têm por hábito ficar em casa em dia de eleiçöes. Porquê? Porque tanto se lhes dá.
Queiras ou näo, desta vez até houve mais participaçäo que há 4 anos!!!

Tirar ilaçöes sem ter isto em conta torna o exercício irrelevante.