segunda-feira, fevereiro 13, 2012

ACENDAMOS UMA FOGUEIRA NA PRAÇA

É o bom senso e a prova do uso que desde logo destroem a viabilidade do Malacacordês. Faltam mais espíritos, além deste, livre e lúcido, para engrossar as fileiras dos que dizem «não!» ao novo pornografar ortográfico, dupligráfico, cacofonográfico. Por que não acender uma fogueira na praça e ir pôr a arder [aqueceríamos as mãos] tudo o que o desgraçado Malaca publicou sobre o absurdo assunto?

Sem comentários: