domingo, fevereiro 19, 2012

UM ALCAIDE ARMADO EM PARVO

Tem de se condenar veementemente a atitude parola do alcaide de Olivença que resolveu festejar a anexação criminosa e abusiva, pelos espanhóis, do território oliventino há 211 anos. Não deverá ser só o PS a não gostar e a tentar impedir a festa, mas todo o País, traído duplamente à pala das cretinas invasões francesas. Festas por uma desonestidade histórica monumental, eis afrontas e insultos quanto bastem, mínimo para azedar as relações entre os dois Estados.

2 comentários:

floribundus disse...

Olivença nunca voltará
sobretudo agora
com a bancarrota

André Miguel disse...

Parola é pouco! Ninguém com dois dedos de testa festeja um aniversário de uma guerra, só um perfeito idiota chapado.
Sendo vizinho de Olivença, a mesma vila que tem hoje tem excelentes relações com Elvas ou Campo Maior, e é consciente da sua história, sinto que esta perfeita idiotice pode azedar definitivamente a coisa. Para mal de todos.